quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Meu coração




Meu coração tem uma porta imaginária.
É ela que me permite definir quem entra ou sai.
Também tem uma chave. 
Para ter um controle maior sobre essas 
idas e vindas.
Esvaziei meu coração e o tranquei.
Melhor assim.
Não corro riscos.
Uma auto proteção.
Mas, sinto que é hora de abri-lo....
Deixar novos ares circular por ele, faxinar...
Limpar cada cantinho e prepará-lo
para o que está por vir.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

SOLIDÃO

Nenhum sorriso...
Nenhum beijo...
Nenhum bilhete...
Nenhum torpedo...
Nenhum scrap...
Nenhum post...
Nenhuma rosa...
Nenhuma palavra...

Nada...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Campos de lavanda




De vestido branco, pés descalços,
Começo a caminhar pelo campo.
O cheirinho da lavanda invade meu ser.
Dou passos suaves em meio a  flores delicadas, 
não quero machucá-las.
Vejo pequenas abelhas voando, 
fazendo seu trabalho.
O campo me traz paz.
O perfume da lavanda acalma a alma.
Mas meus passos estão me levando até você.
Vejo sua sombra, lá, bem distante.
Tento te alcançar,
mas algo vai te levando para mais longe.
Não vou desistir, corro,
já me esquecendo que pequenos galhos
possam machucar meus pés.
Mas preciso chegar até você.
Quero poder deitar-me em seu ombro,
sentir seu carinho.
Segurar sua mão.
E poder caminhar.
Pelos campos de lavanda!